Núcleo Administrativo

Administrativo

O Núcleo Administrativo do Museu de Arte do Rio Grande do Sul – MARGS tem como objetivo desempenhar as tarefas administrativas indispensáveis ao pleno funcionamento da instituição e da sua rotina museológica. Para tanto, os funcionários que trabalham nesse Núcleo precisam ter sempre nítida qual a principal missão do museu – que é a de colecionar, catalogar, conservar, restaurar e exibir seu acervo – para, a partir de então, desenvolverem suas atividades em consonância com esse objetivo maior, seja na assistência à Direção ou fornecendo o suporte logístico necessário às atividades dos demais núcleos do museu (Curadoria, Acervo, Documentação e Pesquisa, Conservação e Restauro, Educativo, Design Gráfico, Comunicação).

Outro aspecto que merece destaque quando nos referimos às atividades do Núcleo Administrativo diz respeito aos cuidados necessários à própria edificação, que, por se tratar de uma construção existente desde 1913 – ou seja, tratar-se de um prédio centenário e tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Estadual – IPHAE e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.

Assim como os outros núcleos do museu, o Administrativo precisa estar atento e agir de acordo com o Plano de Gerenciamento de Riscos: Prevenção, Salvaguarda e Emergência, um plano do museu que busca detectar e bloquear possíveis riscos à instituição, assim como responder e recuperar o patrimônio (acervo artístico, documental, patrimônio digital e material) em caso de danos.

Além disso, cabe ao Núcleo Administrativo uma série de outras tarefas, como aquelas relacionadas ao quadro funcional. O Núcleo Administrativo realiza o controle funcional do quadro de pessoal do Margs, através do controle do livro-ponto e da elaboração do quadro de efetividade dos mesmos – encaminhando-o mensalmente, juntamente com os atestados e demais formulários, à Divisão de Recursos Humanos – DRH da Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul – SEDAC. O Administrativo também organiza e mantém atualizada a documentação relativa à vida funcional dos servidores, assim como organiza, quando necessário, a escala de plantões de finais de semana e feriados, divulga aos funcionários e estagiários toda e qualquer legislação: atos, decretos, pareceres e ordens de serviço relativas ao quadro funcional, providência junto à SEDAC o pagamento de diárias, a requisição de passagens e de hospedagem aos servidores do museu quando em viagem a serviço.

Ao Núcleo Administrativo também cabe a supervisão e a orientação dos serviços de limpeza e de vigilância do museu e que também efetua o controle da freqüência dos funcionários da empresa prestadora de serviços, informando faltas e solicitando substituições , quando necessário, assim como supervisiona a limpeza dos espaços, solicita e controla o material de limpeza. Já em relação ao serviço terceirizado de segurança, cabe ao Administrativo supervisionar, em contato estreito com a empresa prestadora de serviço, o trabalho das equipes, para que as normas de segurança do museu sejam observadas. Também controla a freqüência desses vigilantes, verificando o número exigido em cada equipe, informando à empresa prestadora de serviços, as possíveis faltas, para que seja providenciada a substituição imediata. Ainda no que se refere à segurança, o MARGS conta com um circuito interno de TV, composto por quarenta câmeras, e compete ao Núcleo Administrativo, identificar eventuais problemas nas câmeras e/ou no sistema, providenciando seu conserto ou substituição.

Ao Núcleo administrativo também cabe o contato com outros prestadores de serviços do museu, como por exemplo, as empresas que realizam a manutenção do elevador, sistema de ar condicionado e equipamentos de informática. Uma atenção especial é dada pelo Núcleo Administrativo aos procedimentos relativos à proteção e prevenção contra incêndios. Compete ao Núcleo Administrativo revisar normas e procedimentos de segurança que garantem a prevenção de incêndio e acidentes, bem como a proteção do público, dos funcionários e do patrimônio do museu. Para tanto, precisa estar atento ao Plano de Proteção e Prevenção Contra Incêndios – PPCI, e em função do qual serão feitas adequações nas edificações , bem como controle periódico da recarga de extintores.

Cabe também ao Núcleo Administrativo manter o cadastro dos bens patrimoniais do MARGS, controlar, registrar e verificar o tombamento e a incorporação ao patrimônio de bens permanentes adquiridos pela AAMARGS. Solicitar a aquisição de móveis e equipamentos, quando necessário a SEDAC e a AAMARGS. Por fim, cabe a este núcleo executar atividades relacionadas aos serviços de protocolo, redação, arquivo, digitação e expediente de toda correspondência do museu, elaborar correspondências administrativas, memorandos, ofícios, cartas, acompanhamento de processos e controle de visitação.

Como explicitado acima, ao Núcleo Administrativo do MARGS cabe a organização, controle e a manutenção dos serviços administrativos da instituição, devendo servir esse como apoio a todos os outros núcleos, a fim de cooperar com o bom andamento das atividades desenvolvidas pelo MARGS. Além disso, deve zelar pelas instalações e patrimônio do museu, de forma afinada a normatização interna e a legislação vigente.

Servidores deste núcleo:

Maria Tereza Heringer – Coordenadora

Cristiane R.Lovatto Iop – Assessora Administrativa

Sandra Cristina Vinhales – Agente Administrativa

Horário de Funcionamento:

09 – 19 hs – de Segunda a Sexta-feira

Fone: 3227-2311 e 32862597