Quarteto da Ospa estreia no MARGS

A Pinacoteca da instituição sedia a sexta edição da Série Música no Museu da orquestra, agendada para o dia 25 de setembro, domingo, às 16h30. O grupo de cordas “Pró-música” apresenta-se pela primeira vez em recital.

 

No dia 25 de setembro, domingo, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre promove uma eclética tarde musical na Pinacoteca do Museu de Arte do RS Ado Malagoli (MARGS). A sexta edição da Série Música no Museu da Ospa coloca em um mesmo programa obras clássicas e composições populares de diferentes épocas, nacionalidades e estilos. O Quarteto Pró-música, formado pelos músicos da Ospa Paulo Barcelos (violino), Geraldo Moori (violino), Delmar Breunig (viola) e Deolindo de Azambuja (violoncelo), faz sua estreia na ocasião. O evento inicia às 16h30 e tem entrada franca.

 

O programa

 

O repertório contempla obras canônicas como a “Sinfonia nº 27” de Joseph Haydn, “Arrival of the Queen of Sheba” de George Frederic Handel e “Sheep may Safely Graze” de Johann Sebastian Bach. Peças contemporâneas como “Divertissement” do francês Saint-Preux e “Song from a Secret Garden” do norueguês Rolf Lovland não ficam de fora. Duas composições de Scott Joplin, um dos principais nomes do jazz, serão apreciadas – “Contry Club” e “The Entertainer” –, assim como duas de um dos nomes mais referenciais do tango, Astor Piazzolla: “Oblivion” e “Libertango”.

 

Para o deleite de quem se identifica com o clima musical argentino, “Mercedita” (Folclore popular) e “Por una Cabeza” de Carlos Gardel também integram a programação da tarde. Os músicos interpretam ainda um dos temas do filme Cinema Paradiso, “Projetion pour Deux”, de Ennio Morricone, e “Chega de Saudade”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

 

O Quarteto Pró-música

 

É um grupo de amigos com o interesse pela música e o prazer da convivência com a arte em comum. Todos são membros da Ospa há muitos anos, e também atuam em outros grupos e formações camerísticas, tendo uma experiência sedimentada em performances de concerto. Ao optar por linguagens musicais simples e leves, o quarteto tem a proposta de levar ao público música e entretenimento com qualidade.

 

A série

 

Uma das grandes novidades na programação da Ospa em 2016, a série Música no Museu foi criada para institucionalizar a presença da música de câmara na programação da orquestra. Ela leva ao público repertórios para formações menos numerosas e adaptações, além da produção de compositores que escrevem especificamente para essas formações. Em Porto Alegre, os encontros são promovidos uma vez por mês em parceria com o MARGS. Duas edições ocorrerão em museus do Interior do Estado.

 

Dica – Quem for ao recital poderá visitar também as exposições em cartaz no Museu: “Doce Holandês”, de Liana Timm, na Pinacoteca; “Topofilias”, de Claudia Hamerski, nas Salas Negras; e “Rememórias”, de Clara Pechansky, nas galerias Iberê Camargo, Oscar Boeira, Ângelo Guido, Pedro Weingartner e João Fahrion.

 

Mais informações pelo site www.ospa.org.br ou pelo telefone (51) 32227387.

 

A Ospa é uma das fundações vinculadas à Secretaria da Cultura do Governo do Rio Grande do Sul (Sedac/RS). Os concertos da temporada 2016 são patrocinados, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, por Banrisul e Corsan. Apoio: Ipiranga. A realização é de Ospa, Fundação Cultural Pablo Komlós e Sedac/RS.

 

Ospa | Série Música no Museu | Recital do Quarteto Pró-música

Quando: 25 de setembro de 2016, domingo, às 16h30
Onde: MARGS Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (Praça da Alfândega, s/n – Centro Histórico)

 

ENTRADA FRANCA

 

PROGRAMA
Joseph Haydn: Sinfonia nº 27
George Frederic Handel: Arrival of the Queen of Sheba
Saint-Preux: Divertissement
Johann Sebastian Bach: Sheep may Safely Graze
Ennio Morricone: Projetion pour Deux
Rolf Lovland: Song from a Secret Garden
Astor Piazzolla: Oblivion
Astor Piazzolla: Libertango
Scott Joplin: Contry Club
Scott Joplin: The Entertainer
(Folclore Argentino): Mercedita
Carlos Gardel: Por Uma Cabeza
Tom Jobim e Vinícius de Morais: Chega de Saudade

Apresentação: Quarteto Pró-música, formado por Paulo Barcelos (violino), Geraldo Moori (violino), Delmar Breunig (viola) e Deolindo de Azambuja (violoncelo)

Comentários

comentários

Apoio e Realização