Pesquisa mapeia presença de artistas mulheres nos acervos públicos da Capital

Será aberta nesta sexta-feira (28/06), às 18h30, na Pinacoteca Aldo Locatelli da prefeitura, a exposição “Artistas Mulheres: territórios expandidos”.

O MARGS se soma à iniciativa, pois daqui a alguns meses será a vez de o museu apresentar uma mostra integrante do mesmo projeto curatorial-expositivo.

É que a abertura na Pinacoteca Aldo Locatelli marca a estréia de uma série de mostras relacionadas aos resultados do estudo “Mulheres nos Acervos”, realizado pelas pesquisadoras Nina Sanmartin, Cristina Barros, Marina M. Roncatto e Mel Ferrari.

A pesquisa do grupo busca mapear a presença de artistas mulheres nos cinco acervos públicos da Capital: Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS), Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MACRS), Pinacoteca Barão de Santo Ângelo, Pinacoteca Aldo Locatelli e Pinacoteca Ruben Berta.

Em uma iniciativa em parceria entre as instituições e o grupo de pesquisa, cada espaço apresentará uma exposição distinta, abordando seu próprio acervo. No caso do MARGS, a abertura está prevista para dezembro.

O convite para que as pesquisadoras desenvolvessem um projeto curatorial abordando a representatividade das artistas mulheres no acervo artístico do MARGS se insere em um empenho desta gestão. Trata-se de uma política institucional de exibição e acervo que busca enfatizar a legibilidade e a legitimação de artistas mulheres a partir de mostras individuais e coletivas.

Entre elas, estão exposições já apresentadas neste ano (as de Magna Sperb, Ena Lautert, Elvira Fortuna, Cristina Dall’Igna, Beth Turkieniez e Denise Haesbaert), exposições em exibição no momento (as de Andréa Brächer e Maria do Carmo Carvalho) e exposições que terão abertura ainda em 2019 (Lenir de Miranda, Mariza Carpes e Adriana Giora).

Estas mostras monográficas dedicadas a artistas mulheres se somam ao destaque dado a artistas mulheres na coletiva “Acervo em Movimento: um experimento de curadoria compartilhada entre as equipes do MARGS” (em exibição no momento nas Pinacotecas do museu) e também na exposição coletiva que será desenvolvida pelo grupo de pesquisa “Mulheres nos Acervos”.

Maiores informações:

https://www.facebook.com/events/2340971822816619/

Comentários

comentários

Apoio e Realização