Poesia Líquida – Águas do Rio Grande do Sul

O Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli apresenta a exposição “Poesia Líquida – Águas do Rio Grande do Sul”, com fotografias de Dulce Helfer. A mostra, com curadoria de Zoravia Bettiol, pode ser visitada de 20 de novembro a 17 de fevereiro de 2019, com entrada franca.

Visitas mediadas podem ser agendadas com o Núcleo Educativo do MARGS, pelo e-mail educativo@margs.rs.gov.br.  O MARGS funciona de terças a domingos, das 10h às 19h, sempre com entrada gratuita.

Apresentação

Tão belas, tão luminosas, tão necessárias, as águas, com seu mistério, sem- pre me fascinaram. Fotografando mundo afora, percebi como a água é uma só e como torna o planeta um lugar pequeno. Apreendi tanto a beleza quanto o desperdício desse bem maior para nossa sobrevivência. E quis lembrar ao meu Estado, o Rio Grande do Sul, que ainda há tem- po de conservar o que o homem está destruindo. Onde não há água, não há vida. O plasma do nosso sangue contém 95% de água que corre em nossas veias como um rio. A humanidade parece não se dar conta, mas não é o ouro a nossa maior riqueza, e sim a água, da qual a terra necessita para gerar o alimento que garantirá o futuro às próximas gerações. Torna-se urgente destacar que temos que parar agora de jogar lixo nas ruas e de aplicar pesticidas sobre as lavouras, envenenando as águas. Temos que parar com a torneira aberta ao escovar os dentes, com as extrações de areia nas barrancas dos rios, com o plástico não separado dentro de casa para a coleta seletiva, com os desvios de riachos para as lavouras, com o descaso na conservação das florestas e árvores.

Zoravia Bettiol – Curadora

 

Somos privilegiados. O Brasil pode ser considerado a maior cisterna de água doce do planeta. Sob o Estado do Rio Grande do Sul, correm 12% das águas do Aquífero Guarani, abaixo da Bacia do Rio Uruguai, atingindo 230 municípios. Na capital gaúcha – Por- to Alegre –, a população é abastecida diariamente com 150 mil litros de água tratada. 13,9 % do consumo de água no Estado vem do volume extraído do aquífero. No Rio Grande do Sul, temos 85,33% de domicílios ligados à rede geral de abastecimento de água, sendo que a capital atinge 99,35% de atendi- mento em fontes de água superficiais. 97% das águas doces estão armazenadas em fontes subterrâneas, que podem ser contaminadas pelos defensivos agrícolas absorvidos pela terra.

Coloco esses dados porque me parece que o ser humano não compreende que a água é um bem comum, que precisa ser administrado de forma responsável. E isso exige que se coloque um processo contínuo de educação para a sobrevivência de todas as espécies. Que as imagens que estão nesta POESIA LÍQUIDA ajudem a lembrar que a natureza é generosa, dando-nos alimento e beleza, mas que a humanidade precisa acordar do torpor em que se encontra para conservar o bem finito que escorre em suas, em nossas mãos.

Dulce Helfer

 

EQUIPE TÉCNICA

Dulce Helfer

Fotografias

 

Zoravia Bettiol

Curadoria

Projeto Expográfico

 

Eduardo Cardoso

Projetos com Acessibilidade

 

Skené Projetos Culturais Éverton Kniphoff Vinicius Corrêa

Produção Cultural

 

Luiz Lau

Concepção e Execução de Projeto Multimídia e Tour Virtual Imersiva Coord. App Realidade Aumentada.

 

Cristiane Löff

Designer Gráfica

 

Dulce Helfer Francisco Milanez Leonardo Melgarejo Mario Quintana Tabajara Ruas Zoravia Bettiol

Textos

 

Carla Severo Trindade

Revisão de Texto

 

SERVIÇO

Título: Poesia Líquida

Artista: Dulce Helfer

Curadoria: Zoravia Bettiiol

Abertura: 20 de novembro, às 19h
Visitação: 21 de novembro de 2018 a 17 de fevereiro de 2019
Local: Pinacoteca lateral do MARGS
Entrada Franca

 

 

Patrocínio

Corsan

Banrisul

BRDE

Sulgás

Lei de Incentivo à Cultura

 

Apoio

ANS – Gráfica em alta velocidade

VR JOY – Soluções interativas

Café do MARGS

Arteplantas

Celulose Riograndense

Oliveira Construções

AAMARGS

Realização

Ministério da Cultura

Museu de Arte do Rio Grande do Sul

Localização: Praça da Alfândega, s./n.

Centro Histórico, Porto Alegre, RS

Telefone: 32272311

Entrada Franca

Site: www.margs.rs.gov.br

www.facebook.com/margsmuseu

www.twitter.com/margsmuseu

Comentários

comentários