Mostra fotográfica registra fragmentos de Porto Alegre dos anos 80

Wild 1

A Associação de Amigos do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli apresenta a exposição “POA 81”, do fotógrafo Flávio Wild, dia 6 de maio no Bistrô do MARGS. A mostra, que dá sequência à seleção dos trabalhos vencedores no Concurso de Fotografias da AAMARGS 2017, apresenta um conjunto de fotografias cujo foco central é o registro analógico de Porto Alegre dos anos 1980.

A exposição apresenta uma série fotográfica original realizada entre setembro e outubro de 1981 para o curso de fotografia do Colégio de Aplicação, ministrado por Pablo Alejandro Fabián. As fotografias foram produzidas com uma Olympus OM10, utilizando negativos Kodak Plus-X ASA 125 e Tri-X ASA 400.

 

Flávio Wild explica que, no caso da fotografia analógica, o resultado das imagens permanece oculto na película até a revelação, que pode inclusive nunca acontecer. Muitos foram os casos de filmes fotográficos perdidos e que, após décadas, foram achados e revelados, como as imagens históricas de Robert Capa no front de batalha durante a Segunda Guerra, recuperadas em 2007, na Cidade do México.

Na coletânea POA 81, inédita, realizada 35 anos atrás, os negativos foram resgatados, digitalizados e restaurados em 2016. Os engraxates na Praça da Alfândega, os moradores de rua em frente à Igreja do Rosário, os camelôs na Rua da Ladeira, as crianças na Redenção, a finalização construtiva do Centro Administrativo do Estado, a Ponte de Pedra e a antiga favela ao lado do Planetário exibem uma cidade mais tranquila para a convivência, embora já revelassem contrastes e desigualdade social.

As fotografias são, sobretudo, fruto do olhar de um adolescente de 17 anos, “retrato do artista quando jovem cão” – como escreveu Dylan Thomas –, ou também “fagulhas que o atrito de sua passagem fomenta”, se firmarmos a essência da fotografia como o documento de uma época:

“Flávio Wild, em seu périplo, recebe, capta, rouba dos lugares não a alma, o espírito das coisas, mas fagulhas que o atrito de sua passagem fomenta. Um momento de cada vez. Cada fotografia tem cara de passado, cada clique tem gosto de nostalgia, cada imagem remete a cinema…”, escreveu André Di Bernardi Mendes sobre o trabalho do artista, no caderno “Pensar” do jornal Estado de Minas.

A exposição pode ser visitada até o dia 30 de junho, de segunda a sexta, das 11h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 11 às 19h, no Bistrô do MARGS.

 

 

O fotógrafo

Flávio Wild é designer gráfico, fotógrafo e escritor, nascido em PortoAlegre em 1964.

Há 26 anos desenvolve a identidade gráfica aplicada ao segmentocultural, em livros e peças gráficas de espetáculos de teatro, música, cinema e literatura.

Em 1995, foi selecionado para o catálogo El Mejor Diseño Gráfico deAmérica Latina & Caribe, editado pela Revista Print e Punto Sur Inc. Em 1998, foi convidado junto a outros 11 designers brasileiros para integrar o Calendário da Companhia de Petróleo Ipiranga. Em 2001, participou da 3ª Bienal do Mercosul com a instalação Porões da Mente, pela qual

conquistou o Bronze Pencil do The One Show Festival, de Nova York, e o Prêmio Ouro da Bienal Brasileira de Design Gráfico da ADG. Em 2004, teve seu portfólio gráfico publicado pela revista Jump / La Rivista della Creativitá Digitale, de Milão. Conquistou oito vezes o Prêmio Açorianos de Literatura nas categorias capa e projeto gráfico. Em 2010,

obteve o financiamento do Fumproarte para publicar o livro Silêncio em Siena, formado por contos e fotografias de sua autoria, inspirados em cidades europeias. Em 2016, foi selecionado para integrar a exposição Mosaicografia, realizada no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre, e conquistou o Prêmio Nacional Bornancini de Design com a identidade

gráfica criada para o Unimúsica 35 anos, do Departamento de Difusão Cultural da UFRGS. É diretor da WildStudio Design, com sede em Porto Alegre.

 

 

 

Exposição
Título: POA 81

Fotógrafo: Flávio Wild

Local: Bistrô do MARGS
Período: 6 de maio a 30 de junho de 2017

Visitação
de segunda a sexta, das 11 às 21 h
sábados, domingos e feriados, das 11 às 19h

Entrada Franca

 

 

 

Museu de Arte do Rio Grande do Sul

Localização: Praça da Alfândega, s./n.

Centro Histórico, Porto Alegre

Telefone: 32272311

Entrada Franca

Site: www.margs.rs.gov.br

www.facebook.com/margsmuseu

www.twitter.com/margsmuseu

FacebookTwitterGoogle+PinterestWhatsApp

Comentários

comentários